Monday, October 05, 2020

Guilherme Tavares faz ninjas de segurança

 Faltava falar do Guilherme Tavares aqui no Blogger. Continuo empenhada em dar força para novos (apesar de que o Guilherme já está no circuito há alguns anos), mas principalmente aos corajosos que não desistem por qualquer motivo contornável.


Vestido Mullet, macaquinho, a blusa masculina, saia de poás e a blusa vermelha com gola máscara


Assim, o desfile correu bem, com elenco combinando crianças com adultos, homens e mulheres, que passaram as peças da coleção em uma passarela montada no restaurante que foi antiga olaria, perto de Itaboraí. A base do estilo foi a blusa Cacharel, hit dos anos 1960/70, uma blusinha colada no corpo, com uma golinha mole,alta. Dali, saiu a coleção que lembra roupas de ninjas e a necessidade de se proteger com máscaras durante esta pandemia. 

Basicamente, um mesmo modelo serviu de  começo para os vestidos longos e curtos, o suéter masculino, as saias justas. Para as menininhas, foi mais um esquema de cores fortes, com preto. Interessante também é o conceito clássico, demonstrado pelo uso dos poás, tradicionais na alta costura francesa. 

A próxima aventura _ sim, porque foi corajoso apresentar o trabalho em um local distante do Rio, em uma noite chuvosa. Ainda bem que a internet funcionou, e deu acesso a quem não podia sair de casa _, será internacional, com apresentações na Europa. Além de já fazer parte do acervo de coleções expopsto no CentreStage, em Hong Kong. 

E vamos em frente, Guilherme! 

PS: ah, um detalhe: você ficou mais jovem e gato de cabelo castanho. Deixa o platinado de lado!


No comments: