Wednesday, January 24, 2007

Tufi de Niemeyer

Certamente este trabalho de Tufi Duek estará de novo nas vitrines e corredores de tendências das grandes lojas internacionais, como o Bon Marché, de Paris. Lá, ele tem modelos colocados ao lado de vestidos de Stella McCartney e Marc Jacobs. Além da beleza dos longos de seda, com palas de couro, decotes desnudantes drapeados nas costas e recortes coloridos junto a cinza-mescla, há uma atração importante: a arquitetura de Oscar Niemeyer. As colunas do Alvorada viram aplicações em preto sobre tecido preto, formas geométricas enfeitam decotes profundos. Quatro vestidos secos, em seda, cada um de uma cor (vermelho, amarelo, preto e roxo) têm os desenhos do próprio Niemeyer na estampa localizada. Já é uma bela vitrine, em qualquer lugar do mundo.
Tufi abre carreira internacional, aumenta a linha, oficializando a Forum, a Forum Tufi Duek, mais seleta e a Tufi Duek, de edições limitadas, próximas da absoluta exclusividade. O jeans não é lembrado na passarela do inverno, mas o conjunto foi excepcional, porque como diz Tufi, "Muda-se tudo. Nunca a essência".

Rodapé / A Koleston bem que tenta impor os tons castanhos e avermelhados nos cabelos. Mas o elenco do desfile continua louro / Marcio Madeira, carioca residente em Paris, fotógrafo do site Style.com entre outros pontos de referência da moda, já se prepara para voltar ao circuito internacional. Dia 31 embarca para Nova York. A agenda oficial começa dia 2, "mas dia 1º já temos uns offs importantes", segredou Marcio / o inverno segundo o estilo paulistano está leve e luxuoso. Maioria de roupas festivas, poucos casacos, quase nenhum suéter. Ninguém mais acredita no frio / Isabela Capeto já provoca agito. O desfile na loja admite apenas 60 convidados